“Pablo Vitar [sic] é a grande fraude da música brasileira e fruto da miséria cultural que assola o país”, escreveu o produtor musical Arnaldo Saccomani em seu perfil oficial no Facebook.

Em seguida, após ser acusado até mesmo de homofobia, o jurado decidiu se defender e garantiu que todos os seus comentários tinham apenas o intuito artístico e não o pessoal. Os fãs de Pabllo atacaram o jurado do ‘Dez ou mil’ e fizeram críticas pesadas a ele, garantindo que Vittar era a chance que muitos homossexuais tinham de tentar uma carreira artística.

Cabe lembrar que a drag queen levou o prêmio de “Música do Ano”, com a canção “K.O.”. Ainda no programa de Fausto Silva, Pabllo teve o seu nome errado pelo apresentador novamente.

A situação deu o que falar e agora mais gente está falando sobre tudo isso. E você, o que pensa a respeito do assunto?

Veja mais: