Ellen Cardoso, a ”Mulher Moranguinho”, fez diversas revelações após o cantor, Naldo Benny, te-la agredido. A dançarina resolveu soltar o verbo e contar tudo sobre a violência que passava nas mãos do marido.

Naldo Benny tomou as páginas das mídias de todo país, após no dia 06/11, após ser acusado pela esposa, de agressão corporal durante uma briga do casal.

Após a denúncia, o cantor foi para delegacia prestar declarações sobre o caso, ficando por cinco horas detido no local, o cantor foi liberado após pagamento de fiança, o mais curioso é que logo depois, se apresentou para a festa de final do ano da corporação da policiais militares, sendo a atração da festa.

Ellen deixou a casa do cantor no Rio de Janeiro, para delatar as agressões que sofrera e ainda revelou que era vitima de violência doméstica há anos, o que chocou todo o Brasil.

Ela ainda contou que vinha sendo vítima de suas crises de ciúmes há pelo menos sete anos. Segundo informações da assessoria de imprensa de Moranguinho, a dançarina revelou a todos que em outra ocasião havia perdoado o cantor, pois achava que as agressões físicas cessariam.

Naldo, que está em liberdade, mas está com restrições para se aproximar da dançarina e ainda foi obrigado a deixar a mansão, onde vivia com a dançarina e a filha Maria Victória.

Fora a agressão Naldo, mantinha uma pistola calibre 7,65, sem registro e com munição, o que no Brasil é uma infração bastante grave, além de ser proibido.

Naldo declarou que a arma de fogo era apenas para proteção de um ataque externo, pois a pouco tempo um ladrão invadiu a mansão num assalto.

Creditos: virgulistas